Museum of Illusions: o mais novo museu de Toronto, e não é ilusão!

Em visita a maior cidade do Canadá, não dá para deixar de fora do itinerário visitas a alguns de seus principais museus. Toronto tem dezenas deles para oferecer, o que torna fácil a tarefa. Difícil, mesmo, será escolher entre um e outro. O jeito vai ser estender as férias…

O mais novo da lista é o Museum of Illusions, que abre hoje. Seguindo os moldes de instalação de arte interativa, proporciona aos seus visitantes um acervo de peças e salas que desafiam nossos sentidos e percepções utilizando ilusão de ótica, cálculo, ciência e centenas de espelhos, em todos os jeitos e formas!

O Museum of Illusions Toronto faz parte de uma rede de franquia de uma dezena deles espalhadas pelo mundo, como Nova York, Berlin e Dubai. Teve origem na Croácia, em 2015, quando dois amigos, que viajaram o mundo e sempre viam peças interessantes, do gênero, resolveram colocar tudo sob um mesmo teto. O resto é história.

Cara de museu, jeito de playground

O museu é excelente para ser visitado com crianças, de qualquer idade. A visita começa na lojinha de suvenires, espertamente instalada na frente do museu. Batizada de Smart Room, oferece ítens de papelaria, livros sobre ilusão de ótica e jogos de madeira que incentivam o raciocínio, pequenas réplicas de certas instalações do museu, como a Hanoi Tower. Alguns desses jogos estão disponíveis para experimentarmos, dispostos em mesas espalhadas pelo espaço. Um bom esquenta para o que virá.

Até o lápis tem lá seus truques: estes são flexíveis, dá até para dar nó!

A grande sacada do Museum of Illusions é a forma como apresenta seu acervo, com instalações que estão mais para atração de parque de diversões ou galeria de arte do que acervo de museu, como a sala Rotated Room, com mobília pendurada no teto, fazendo com que nos sintamos de ponta-cabeça. E ficamos mesmo, ao invertermos as fotos que tiramos no espaço num ângulo de 180º.

Rotated Room

Na instalação Ames Room, ficamos pequenininhos ou grandalhões dependendo do canto da sala que escolhermos, e na Anti-Gravity Room, com seu piso inclinado, andar em linha reta torna-se um trabalho de Hércules. É tentar e cair, de gargalhada ou por falta de equilíbrio!

Ames Room

A parte séria da coisa fica na descrição, ao lado de cada objeto e decoração, explicando sua origem e a técnica por trás do truque.

Alguns objetos, de tão simples, aparentemente, parecem não pertencer ao lugar, como a Hanoi Tower:

Hanoi Tower. Muito simples para peça de museu? Veja sua estória:

Lembrando brinquedo de criança, a torre é, na verdade, um antigo jogo de estratégia com uma lenda por trás de sua origem:

Certo dia, um grupo de monges de um templo Hindu, situado no centro do universo, foi chamado pelo deus Brama, para ajudá-lo a mover uma torre feita com 64 discos que havia criado. Mas havia algumas condições para a tarefa, que não poderiam ser desobedecidas: mover apenas um disco por vez e jamais colocar um maior em cima de um menor.

Segundo a lenda, ao terminar de ser movida, a torre desmoronaria, destruindo todo o mundo com ela. Ao que parece, os monges não conseguiram executar a tarefa, porque ainda estamos aqui. E, não por menos: para mover uma torre dessas proporções, são necessários 18.446.744.073.709.551.615 movimentos, e muita paciência!

Modismos de ontem e de hoje

Seguindo a moda dos túneis de luzes e salas do espelho infinito, o Museum of Illusions também tem as suas, sendo a primeira chamada de Vortex Tunnel e a segunda, Infinity Mirror.

Infinity Mirror Rom

Vortex Tunnel

O staff do museu sugere que uma visita ao seu espaço, com 80 instalações dispostas num espaço relativamente pequeno, leve, em média, uma hora e meia, o que é debatível. Dependendo com quem se estiver e qual seu interesse pelas peças, dá para ficar horas por lá.

Situado numa área de fácil acesso e bastante turística, tem como vizinhos próximos o mercado St. Lawrence Market, os prédios Flatiron e Brookfields Place e outro museu: o Hockey Hall of Fame.

Não dá para eleger esta ou aquela instalação como o ponto alto do acervo do museu; todas são interessantes e intrigantes a seu modo, e todas rendem ótimas fotos para sua conta do Instagram. De quebra, sai-se de lá com mais conhecimento.

 

Museum of Illusions

132 Front Street East (próximo ao mercado St. Lawrence Market)

Aberto de segunda à domingo, das 10h às 20h.

Ingressos: C$ 23,50 (adultos), C$ 19,50 (crianças entre 2 a 15 anos de idade), Ingresso-Família: C$ 78,50 (2 adultos e 2 crianças). Menores de 2 anos de idade não pagam para entrar. É necessário agendar a visita pelo website do museu.

Bom Passeio!