8 motivos para visitar Toronto em setembro

Setembro é um dos meses mais aguardados em Toronto, mas de gosto bittersweet (agridoce): é o último mês do verão (não!!!!) mas também do Festival Internacional de Cinema de Toronto e o início de uma das estações mais lindas do ano: o outono. Começa com feriado e termina com Nuit Blanche. Como não gostar de setembro?

3 de setembro

Labour Day – Feriado emblemático para os canadenses, comemorado na primeira segunda-feira do mês. Marca o final não oficial do verão (no calendário, ele ainda vai até o dia 22 de setembro) e início do ano letivo. Também é o último dia do parque de diversões CNE, encerrado com um belíssimo show aéreo. Serviços como repartições públicas, bibliotecas, bancos e correios não funcionam neste dia, assim como as lojas de bebidas LCBO e Beer Store (sorry).

O TTC (transporte público) irá funcionar em esquema especial de feriado, o que significa que irá operar com os horários de domingo. A maioria dos mercados estarão fechados e apenas alguns shoppings abrirão nesta segunda-feira, como o popular CF Eaton Centre, na Yonge-Dundas Square,  o Toronto Premium Outlets e o Vaughan Mills. Atrações que funcionarão no feriado de Labour Day: Toronto Zoo, Ontario Science Centre, Casa Loma, Black Creek Pioneer Village e os museus Royal Ontario Museum (ROM), Gardiner Museum, Bata Shoe Museum e Hockey Hall of Fame.

O parque de diversões Canada’s Wonderland terá queima de fogos em comemoração ao feriado no domingo, 2 de setembro, às 22 horas.

6 a 16 de setembro

TIFF – O Toronto International Film Festival é o mais importante festival de cinema da América do Norte depois do Oscar, o que explica o fato de ser, também, um dos eventos mais aguardados do ano, por aqui.

Sua casa é o TIFF Bell Lightbox, o centro cultural em forma de um imenso cubo de vidro de 45 mil metros quadrados, construído no coração do Entertainment District em 2010 (mas as apresentações não acontecem só ali).

São 11 dias em que Toronto vira uma mini-Hollywood, com estrelas de todas as magnitudes desfilando na cidade.

O Brasil será representado pelos curtas Guaxuma, escrito e dirigido por Nara Normande (Brasil/França) e O Órfão, da diretora e roteirista paulistana, Carolina Markowicz.

Os ingressos para o festival estarão à venda a partir do dia 3 de setembro, das 10h às 16h, pelo site, no aplicativo do festival, por telefone (416) 599-TIFF e 1-888-599-8433 ou nas bilheterias do TIFF Bell Lightbox: 225 King Street West.

7 a 9 de setembro

Veg Food Fest – Festival gratuito vegano com três dias de duração, com a participação de dezenas de expositores trazendo aulas de culinária, degustações, workshops e até aulas de ioga. Harbourfront Centre; Sexta-feira (7), das 17h às 21h, Sábado (8), das 12 às 21h e Domingo (9), das 12h às 19h; 235 Queens Quay West; Gratuito.

16 de setembro

Toronto Garlic Festival – E quem sabia que Toronto tem um festival do alho? Com tudo o que se possa imaginar sobre o assunto: de aulas e demonstrações de culinária a workshops a comidinhas e bebidas à base do condimento, é claro. Cerveja e vinho de alho? Sim! Sorvete de alho? Por que não? E, como não poderia deixar de ser, o encerramento é com um concurso de bafo de alho. Artscape Wychwood Barns; das 9h às 17h; Ingressos C$ 5 (grátis para crianças de até 12 anos de idade); 601 Christie Street (próximo à St Clair Ave West).

16 de setembro

Open Streets Toronto – Repeteco do que já aconteceu em agosto, quando um trecho da famosa e movimenta Yonge Street e arredores se fecham para os carros e se abrem para os pedestres. Movimento inspirado na Ciclovia, de Medellin, na Colombia. Vale andar, correr, pedalar, dançar, se exercitar ou não fazer nada. O importante é ocupar este espaço destinado aos veículos e ter uma visão diferenciada do que o cerca. Ao todo, são 10 quilômetros de ruas do centrão de Toronto (na região do quarteirão Yonge-Dundas Square) destinadas para o Open Streets TO. Domingo, das 10h às 14h; gratuito.

23 de setembro

The Word on the Street – Pense numa imensa livraria ao ar livre com o melhor da literatura canadense ao seu dispor, além de sessões de autógrafos, palestras e discussões sobre o mundo das letras. Assim é o festival anual The Word on the Street. Evento para toda a família, com livros para crianças de todas as idades, além de espaço para artesanato, brincadeiras e contação de estórias. Domingo, das 10h às 17h, Harbourfront Centre, 235 Queens Quay West, gratuito.

27 a 29 setembro

Toronto Oktoberfest – Diz a lenda que a festa germânica Oktoberfest teve origem em 1812, com o casamento do príncipe Ludwig da Baviera com a princesa Teresa de Saxony-Hildburghausen. Indo contra as tradições da época, o casal convidou todo o povo comum de Munique para as festividades, que duraram cinco dias, em frente aos portões da cidade, agora chamados de Theresienwiese (Prado de Teresa).

Hoje em dia, a Oktoberfest de Toronto dura apenas três dias (um a mais do que a edição de 2017) mas é uma das maiores festas das tradições da Baviera no Canadá, com muita dança, música, comida típica e, claro, cerveja. Quinta-feira (27), das18h às 23:30h, somente para maiores de 19 anos, ingressos a partir de C$ 20; Sexta-feira (28), das 18h às 23:30h, somente para maiores de 19 anos, ingressos a partir de C$ 26; Sábado (29), com duas sessões: das 12h às 16:30h, para todas as idades, ingressos a partir de C$ 20 e DAS 18:30h às 23:30h, para maiores de 19 anos, ingressos a partir de C$ 30. Ontario Place, 955 Lake Shore Boulevard West. 

29 de setembro

Nuit Blanche – A expressão quer dizer “noite sem dormir” em português e é isso mesmo o que acontece com quem resolve participar do evento que toma as ruas de Toronto uma vez por ano, transformando a cidade numa grande galeria de arte contemporânea ao ar livre. E o por quê do nome? Porque tudo acontece entre o pôr do sol e o amanhecer.

A edição de deste ano trará 75 instalações de arte, criadas por 300 artistas nacionais e internacionais, com o tema “You Are Here”, com foco no mosaico cultural que é Toronto e seus reflexos para o futuro e progresso da cidade. Outras duas grandes novidades será a inserção do bairro de Scarborough no evento e a divisão dos projetos em seis vizinhanças: Bloor-Yorkville, Don Mills, Downtown, Scarborough, Sterling Road e West Queen West.

Visite o website do Nuit Blanche e programar sua noite utilizando o mapa interativo, com a localização de cada projeto, o endereço das instituições participantes e dos postos de informações que funcionarão durante todo o evento.

O TTC, transporte público da cidade, vai funcionar a noite toda. Para quem estiver dirigindo, será permitido estacionar de graça nos estacionamentos das estações de metrô com este serviço.

Última dica, mas muito importante: agasalhe-se bem, já estaremos no outono…

Divirta-se!