O melhor de setembro em Toronto: verão, outono, cinema e cerveja, tudo num mês só

Foto: Nuit Blanche 2016/IG

Não é só porque o verão está chegando ao fim que a diversão também tem que acabar. Setembro está lotado de coisas boas para fazer em Toronto, começando com um feriadão prolongado para curtir os últimos dias de calor. Confira: 

4 de setembro

Labour Day – Feriado nacional, comemorando o Dia do Trabalho aqui e nos Estados Unidos, celebrado sempre na primeira segunda-feira de setembro e que marca o fim não-oficial do verão (no calendário, ele ainda vai até o dia 22 de setembro). Serviços como repartições públicas, bibliotecas, bancos e correios não funcionam neste dia, assim como as lojas de bebidas LCBO e Beer Store (sorry).

O transporte público vai funcionar em esquema especial de feriado. A maioria dos mercados estarão fechados e apenas alguns shoppings irão abrir na segunda-feira, como o popular Eaton Centre, na Yonge-Dundas Square,  o Toronto Premium Outlets e o Vaughan Mills.

 

7 a 17 de setembro

TIFF – O Toronto International Film Festival é o mais importante festival de cinema da América do Norte depois do Oscar, o que explica o fato de ser, também, um dos eventos mais aguardados do ano, em Toronto.

Sua casa é o TIFF Bell Lightbox, o centro cultural em forma de imenso cubo de vidro de 45 mil metros quadrados, construído no meio do distrito financeiro da cidade, em 2010 (mas as apresentações não acontecem só ali). Antes disso, quem sediava o evento era o sofisticado bairro de Yorkville, que ainda atrai as celebridades que atendem o festival, seus fãs e paparazzi.

Para este ano, serão mais de 339 filmes vindos de 74 países. O Brasil estará participando com dois episódios da série Sob Pressão, uma adaptação de Jorge Furtado e Andrucha Waddington do filme homônimo; Motorrad, o novo filme do diretor Vicente Amorim, e o curta Namoro à Distância, com roteiro e direção de Carolina Markowicz. 

Os ingressos para o festival estarão à venda na próxima segunda-feira, 4 de setembro, das 10h às 16h, pelo site, pelo aplicativo do festival, por telefone (416) 599-TIFF e 1-888-599-8433 ou nas bilheterias do festival: 225 King Street West.

 

7 de setembro a 12 de novembro

Cirque du Soleil VOLTA – O Cirque du Soleil, que nasceu na província de Quebec em 1984 e hoje é a maior companhia circense do mundo, está de volta em Toronto com seu novo espetáculo VOLTA, uma fascinante história sobre a liberdade de escolha e a emoção de criar seu próprio caminho. 

Os artistas da trupe canadense prometem surpreender o público com performances inéditas, utilizando elementos de esportes de ação, como bicicross e parkour, incorporados nas apresentações de cair o queixo que fazem a companhia ser o sucesso que é até hoje. Under the Big Top, Toronto Port Lands, 51 Commissioners Street; ingressos a partir de CAD$49.

 

8 a 10 de setembro

Vegan Food Fest – De acordo com a Toronto Vegetarian Association (Associação Vegetariana de Toronto), o Vegan Food Fest é o maior festival vegetariano da América do Norte, com tudo o que você imagina e o que nem sonha que possa ser produzido sem carne. Serão mais de 140 expositores e dezenas de aulas de culinária e workshops em três dias de festival no Harbourfront Centre, às margens do lago. 6ª 16h/21h, sábado, 12h/21h e domingo, 12h/19h; 235 Queens Quay West; gratuito.

 

17 de setembro

Open Streets Toronto – Repeteco do que já aconteceu no dia 20 de agosto, num trecho central da maior e mais famosa rua do Canadá, a Yonge Street. O Open Streets Toronto é um movimento inspirado na Ciclovia, de Medellin, na Colombia, onde principais avenidas da cidade são fechadas para os carros e abertas para os pedestres. Vale andar, correr, pedalar, dançar, se exercitar ou não fazer nada. O importante é ocupar este espaço destinado aos veículos e ter uma visão diferenciada do que o cerca.

Em 2016, o evento levou mais de 80 mil pessoas, literalmente, às ruas. Ao todo, são 10 quilômetros de ruas do centrão de Toronto (na região do quarteirão Yonge-Dundas Square, uma porção das ruas Yonge Street e Bloor Street ) destinadas para o Open Streets TO. Domingo 10h/14h, gratuito.

 

23 a 30 de setembro

Invictus Games – O Invictus Games é uma competição paralímpica voltada para veteranos de guerra. Seu idealizador foi o príncipe Harry, do Reino Unido, que se inspirou no Warrior Games, evento com as mesmas características para soldados e militares dos Estados Unidos. Os primeiros Invictus Games ocorreram em Londres, em 2014, atraindo mais de 400 concorrentes de 13 países. A segunda edição ocorreu em Orlando, na Flórida, em 2016. Este ano, será a vez de Toronto sediar o evento, em oito dias de competições, com mais de 550 participantes vindos de 17 países competindo em mais de 10 modalidades, entre elas: natação, golfe, tênis e atletismo.

Tanto a cerimônia de abertura quanto a de encerramento dos jogos Invictus Games contam com a participação de estrelas da política, da música e do cinema, e em Toronto não será diferente. Para a cerimônia de abertura (dia 23 de setembro, às 18h30, no ACC – Air Canada Centre), estão confirmadas as participações das cantoras e compositoras canadenses Sarah McLachlan e Alessia Cara. Já a cerimônia de encerramento (dia 30 de setembro às 19h30 no ACC – Air Canada Centre) contará com a presença dos cantores canadenses Bryan Adams, Kelly Clarkson, também da lenda do rock americano Bruce Springsteen, que confirmou sua presença há poucos dias. Informações sobre ingressos para os shows e jogos aqui.

 

24 de setembro

The Word on the Street – Pense numa imensa livraria ao ar livre com o melhor da literatura canadense ao seu dispor, além de sessões de autógrafos, palestras e discussões sobre o mundo das letras. Assim é o festival anual The Word on the Street. Para a criançada, uma sessão só para elas e sobre elas, com livros infantis para ler, colorir, espaço para ouvir estórias e workshops divertidos, como aprender as letras do alfabeto fazendo poses de ioga. Domingo 11h/18h, Harbourfront Centre, 235 Queens Quay West, gratuito.

 

29 e 30 de setembro

Toronto Oktoberfest – Diz a lenda que a festa germânica Oktoberfest teve origem em 1812, com o casamento do príncipe Ludwig da Baviera com a princesa Teresa de Saxony-Hildburghausen. Indo contra as tradições da época, o casal convidou todo o povo comum de Munique para as festividades, que duraram cinco dias, em frente aos portões da cidade, agora chamados de Theresienwiese (Prado de Teresa).

Hoje em dia, a Oktoberfest de Toronto dura apenas dois dias, mas é uma das maiores festas das tradições da Baviera no Canadá, com muita dança, música, comida típica e, claro, cerveja. 6ª 18h/23h, somente para maiores de 19 anos, ingressos a partir de CAD$26; sábado, com duas sessões: 12h/16h30, para todas as idades, ingressos a partir de CAD$20 e 18h30/23h30 para maiores de 19 anos, ingressos a partir de CAD$28. Ontario Place, 955 Lake Shore Boulevard West. 

 

30 de setembro

Nuit Blanche – A expressão quer dizer “noite sem dormir” em português e é isso mesmo o que acontece com quem resolve participar do evento que toma as ruas de Toronto uma vez por ano, transformando a cidade numa grande galeria de arte contemporânea ao ar livre. E o por quê do nome? Porque tudo acontece entre o por do sol e o amanhecer. Este ano, serão mais de 85 instalações de arte, criadas por 350 artistas nacionais e internacionais, algumas delas interativas, como a Colouring Outside the Box (Colorindo Fora da Caixa), do museu sobre a história dos sapatos, o Bata Shoe. Passe no museu para colorir as “caixas de sapatos” com desenhos em preto e branco deixadas no átrio. No final da noite, elas serão transformadas em esculturas multicoloridas.

O melhor jeito de explorar o Nuit Blanche é caminhando. Este ano, trechos das ruas Queen Street West, Bay Street, Queen’s Park Crescent e McCaul Street will estarão fechadas para veículos durante o evento. Uma dica é visitar o website do Nuit Blanche e programar sua noite utilizando o mapa interativo, com a localização de cada projeto, o endereço das instituições participantes e dos dois postos de informações que funcionarão durante todo o evento.

O TTC, transporte público da cidade, vai funcionar a noite toda. Para quem estiver dirigindo, será permitido estacionar de graça nos estacionamentos das estações de metrô com este serviço.

Última dica, mas muito importante: agasalhe-se bem e divirta-se!