Eventos imperdíveis em abril

Abril é o primeiro mês inteiro de primavera em Toronto mas ainda é comum termos “quatro estações num dia só”. Continue vestindo-se em camadas e explore a cidade a pé, que vai adquirindo o colorido alegre da estação à medida em que as temperaturas sobem, derretendo os últimos resquícios de neve.

De 30 de março a 2 de junho

HideSeek Para aqueles momentos que a gente pensa: “Ah, se eu pudesse voltar a ser criança”. Ao menos por uma hora você pode, nessa instalação de arte pop-up interativa inspirada na nostalgia da infância. Ocupando um espaço de 650 metros quadrados na vizinhança da Dundas West, vem com 12 salas multissensoriais com atividades lúdicas e decoração para surpreender e fazer sua criança interna (ou externa) feliz, como: uma galáxia que brilha no escuro, com 10 mil estrelas, um forte todo feito de travesseiros, uma sala cheia de bolhas e as inesquecíveis molas malucas, pendendo do teto ao chão. Ingressos a partir de C$ 25, gratuito para crianças de até 3 anos; Do meio-dia às 22h, com visitas agendadas online. 1305 Dundas Street West.

Até 1º de abril

Winter Stations – Todos os anos, 7 artistas de Toronto são escolhidos para criar instalações de arte gigantes, que enfeitarão a orla das “praias” do lago Ontário no extremo leste da cidade,  região conhecida como “Beaches”. Gratuito. Linha do bonde (streetcar) 501 Eastbound.

A partir de 8 de abril

Edge Walk CN Tower – Conheça o maior símbolo turístico de Toronto por outro ângulo: por fora e lá de cima. O Edge Walk (Caminhada pela Beirada) é uma visita à CN Tower, só que pelo lado de fora dela, em seu topo, a uma altura de 356 metros. Preso por cabos de aço e com toda a segurança, don’t worry! Além de garantir uma vista maravilhosa e única da cidade, o ingresso também dá direito a fotos e vídeo da aventura, certificado de conclusão do passeio (vale pendurar na parede) e uma entrada para voltar na torre, assim que as pernas pararem de tremer. Idade mínima: 13 anos, C$ 195 mais impostos. 301 Front Street; partindo da Union Station, caminhe sentido leste para a Front Street.

14 de abril

Exposição de hortênsias no Allan Gardens Conservatory – Quer jeito melhor de comemorar a primavera do que uma exposição de hortênsias, com toda a sua delicadeza e das mais variadas matizes? Até o início de maio; Das 10h às 17h; Gratuito; 19 Horticultural Avenue.

19 e 21 de abril

Annual Beaches Easter Parade Weekend – A maior parada de Páscoa de Toronto, com dois quilômetros de trajeto, ocorre, anualmente, no domingo de Páscoa, no bairro Beaches, a região das “praias” no extremo leste da cidade. Já na Sexta-feira Santa, aqui chamada de Good Friday, há um egg hunt (caça ao ovo) com brincadeiras, show ao vivo e atividades para a criançada, como: pintura de rosto e a visita de Peppa Pig e o Coelhinho da Páscoa, em pessoa.

Sexta-feira, 19: Caça ao ovo: parque Kew Gardens; Das 11h às 14h; Parada de Páscoa: Domingo, 21; Das 14h às 16h, com início no parque Munro Park, percorrendo a rua Queen Street East até a Woodbine Avenue. Todos os eventos, gratuitos.

De 25 de abril a 5 de maio

Hot Docs – O festival de documentários que também é conferência e feira de eventos, o maior e mais importante do gênero na América do Norte, atraindo participantes do mundo todo e uma audiência de mais de 200 mil expectadores. Este ano com mais de 150 documentários do Canadá e do mundo.

As exibições acontecem em cinemas por toda a cidade, incluindo o lendário prédio Hot Docs Cinema, no coração da descolada área conhecida como Annex e as salas da casa do festival internacional de cinema de Toronto, o TIFF Bell Lightbox.

26 de abril (pré-abertura)

Canada’s Wonderland – Combinação da versão original do Playcenter, de São Paulo, com o parque aquático Wet ‘n’ Wild, é o maior parque de diversões do Canadá, ocupando mais de 130 hectares de área, no município de Vaughan, subúrbio ao norte de Toronto. Com mais de 200 atrações, áreas distintas para as crianças e 17 montanhas-russas, uma delas a mais nova atração do parque.

A Yukon Striker promete quebrar todos os recordes mundiais de sua categoria, sendo a maior, mais longa e mais rápida montanha-russa do mundo, com mais de mil metros de extensão, vagões sem chão, alinhados em estilo auditório e indo do zero a 130 km/h em segundos. A inauguração da Yukon Striker vai coincidir com a abertura do parque para a temporada 2019, dia 3 de maio, mas quem quiser experimentá-la antes é só comprar o passe anual, que dá direito a uma noite de pré-estreia, no dia 26 de abril. Ingressos para o parque a partir de C$ 35, passe anual a partir de C$ 75, entrada gratuita para crianças de até 2 anos de idade. 1 Canada’s Wonderland Drive.

Até 5 de maio

Impressionismo na Era da Indústria: Monet, Pissarro – Exposição temporária no museu AGO, com obras-primas do impressionismo francês, observando a fascinação dos artistas da época pela indústria, tecnologia e trabalho durante a rápida industrialização de Paris e da França de 1800. Com obras de arte raras e excepcionais, um convite ao visitantes imaginarem a antiga França e suas ruas, vidas e paisagens em meio às mudanças do final do século 19. Ingressos a partir de C$ 16,50, necessário agendamento prévio online; Gratuito para crianças de até 5 anos de idade; 317 Dundas Street West.

Até 18 de agosto

The Moon: A Voyage Through Time – Uma Lua gigante, com cinco metros de diâmetro e ocupando dois andares do museu de arte islâmica Aga Khan, em comemoração ao 50º aniversário da missão Apollo 11, que levou o homem à Lua. Criada pelo artista contemporâneo britânico, Luke Jerram, a escultura, etérea e surreal, é iluminada internamente e apresenta detalhes da superfície lunar, replicando imagens da NASA. Das 10h às 18h; Ingressos a partir de C$ 10; 77 Wynford Dr, North York.

Abril e maio

Cherry Blossom – Fala-se muito sobre o festival das cerejeiras em Washington D.C., Estados Unidos, mas Toronto também tem suas árvores Sakura para chamar de suas. Em 1959, o então embaixador japonês no Canadá, Toru-Hagiwara, presenteou a cidade com 2.000 mudas da espécie em nome dos cidadãos de Tóquio pela suporte que os torontonianos ofereceram aos refugiados japoneses depois da II Guerra Mundial.

A maioria das mudas foi plantada no High Park e seu redor, como a lagoa Grenadier. um dos locais preferidos para apreciação do espetáculo das cerejeiras. Segundo o site do parque, a melhor época para o Cherry Blossom é entre final de abril e início de maio mas tudo pode acontecer, com tanta variação de temperaturas. Metrôs High Park ou Keele, bonde 506 College (parada High Park).

Bom Passeio!

Siga-nos no Facebook e no Twitter para dicas de lugares e atrações imperdíveis em Toronto!